Empresas

Moto Honda da Amazônia é fábrica modelo da Zona Franca de Manaus

Primeira indústria mecânica de grande porte implantada na região amazônica, empresa conta com investimento acumulado de US$ 1,260 bilhão e atualmente emprega cerca de 10 mil colaboradores

O parque industrial da Moto Honda da Amazônia, localizado em Manaus (AM), ocupa um terreno de 661 mil m², dos quais aproximadamente 206 mil m² são de área construída. Pode ser identificada como uma das empresas mais verticalizadas do Distrito Industrial da Zona Franca de Manaus: em conjunto com a Honda Componentes da Amazônia (HCA) e a HTA Indústria e Comércio, produz vários componentes aplicados no produto final, como escapamentos, rodas, chassi, guidão e outros. Atualmente, a empresa trabalha em parceria com 121 fornecedores, dos quais 23 também estão instalados em Manaus.

A fábrica possui capacidade produtiva de 2,0 milhões de unidades por ano. A cada oito segundos, por exemplo, é possível sair uma CG 150 Titan da linha de montagem. São quatro linhas de produção, que operam em dois turnos, com potencial para gerar mais de sete mil motocicletas por dia. A Moto Honda da Amazônia fabrica também o quadriciclo TRX 420 Fourtrax e três modelos de motores estacionários, todos dentro do Processo Produtivo Básico.

A Honda mundial reconhece o potencial do mercado brasileiro. No segmento de motocicletas, a Moto Honda ocupa posição expressiva no ranking de vendas da empresa: está na terceira colocação, atrás apenas de Índia e Indonésia. Em 2008, comercializou um total de 1.557.695 motocicletas - resultado que representa um crescimento de 12,83% comparando-se ao ano de 2007. Para 2009, espera-se manter o mesmo patamar de comercialização alcançado no ano passado.

Honda no Brasil

Em São Paulo localiza-se a sede da Honda South America Ltda., holding que reúne sete empresas do Brasil, além de possuir participação acionária em produtores de componentes e controlar outras companhias na América do Sul. Seu principal executivo é o Sr. Sho Minekawa, que responde por todas as atividades da Honda no Brasil e pela Honda South America.

A Moto Honda da Amazônia (HDA) é a pioneira do grupo e a maior do Pólo Industrial de Manaus. Nessa mesma área de atuação e sob controle da HDA estão a Honda Componentes da Amazônia (HCA) e a HTA Indústria e Comércio. Enquanto a primeira é responsável pela fabricação de componentes e sub-conjuntos (escapamento, aro da roda, cavalete central etc.) e pelos processos de estampagem, soldagem, polimento, pintura e galvanoplastia, a segunda realiza a fabricação e a manutenção de moldes e ferramentas de produção.

Em Manaus são produzidos dez modelos: Pop 100, Biz 125 (KS, ES e Biz+), CG 125 Fan (KS e ES), CG 150 Titan (KS, ES e ESD), CG 150 Titan Mix, NXR 150 Bros (KS, ES, ESD), CRF 230F, CB 600F Hornet, Shadow 750 e o quadriciclo TRX 420 Fourtrax (TM e FM). Além destes, a Moto Honda comercializa no país seis motocicletas importadas: CBR 600RR, CBR 1000RR Fireblade, XL 1000V Varadero, CB 1300 Super Four, VTX 1800 e GL 1800 Gold Wing.

Em Sumaré, cidade do interior de São Paulo, está instalada a fábrica da Honda Automóveis do Brasil (HAB). Inaugurada em 1997, é responsável pela fabricação dos modelos New Civic, Honda Civic Si e New Fit.

Na capital paulista, além da sede administrativa da América do Sul, localizada na região do Morumbi, encontra-se a Honda Serviços Financeiros (HSF), braço financeiro da Honda no país e um dos principais canais de escoamento dos produtos da marca. A HSF é composta pelo Consórcio Nacional Honda, Banco Honda, Honda Leasing e SHB Corretora de Seguros Honda.

O Banco Honda tem como compromisso atender às necessidades do consumidor. Seu objetivo principal é gerar ainda mais competitividade perante as outras marcas que já possuem bancos, bem como oferecer algumas características financeiras que os bancos comerciais não possuem - como taxas subsidiadas pela montadora, que são bastante atrativas para os clientes.

Honda no mundo

A Honda mundial está dividida em seis blocos: Japão, Ásia, China, Europa, América do Norte e América do Sul. São mais de 134 unidades fabris distribuídas em 28 países, incluindo motocicletas, automóveis produtos de força e motores.

Líder mundial em vendas de motocicletas, a Honda também se destaca no segmento de automóveis: ocupa a 5ª colocação entre os fabricantes mundiais, de acordo com relatório da OICA (International Organization of Motor Vehicle Manufacturers).

Com faturamento global de US$ 119,801 bilhões no período de março de 2007 a março de 2008, no ano passado a empresa comercializou, em todo o mundo, cerca de 15,126 milhões de motocicletas, 3,783 milhões de automóveis e 5,746 milhões de Produtos de Força.

Diante da atual situação da economia mundial, todos os investimentos e projetos de desenvolvimento da empresa, no âmbito global, serão reavaliados e priorizados, com o objetivo de minimizar os impactos das recentes mudanças no ambiente dos negócios. Com esse propósito, a Honda irá acompanhar de perto o mercado para, apenas então, determinar quais ações deverão ser tomadas.

Para manter seu crescimento e obter sucesso em meio ao cenário conturbado, a Honda atuará em três frentes: a melhoria de seu sistema global de produção; a criação de produtos eficientes em termos de combustível, que reduzem a poluição ambiental; e o fortalecimento ainda maior de sua atuação em seus três principais mercados (motocicletas, automóveis e produtos de força).

Responsável por esse release:

Empresa: Linkpress Assessoria

Contato: Ricardo Ghigonetto
Telefone: (11) 5594-7577
Email: imprensa@linkpress.com.br

Editorias relacionadas:


Recursos Humanos
Transporte